Archive for the 'referências do momento.' Category

06
jan
10

“Dos que desprezam o corpo”. ( Assim falou Zaratustra – Nietzsche)

“Aos que desprezam o corpo quero dizer-lhes a minha opinião. Não devem mudar de preceito, nem de doutrina, mas, simplesmente, desfazerem-se do corpo, o que lhes tornará mudos”

” O corpo é uma grande razão , uma multiplicidade com um só sentido, uma guerra e uma paz, um rebanho e um pastor”

” De traz de seus pensamentos e sentimentos, meu irmão, há um amo mais poderoso, um guia desconhecido, que se chama ” o próprio Ser”. Habita em teu corpo; é teu corpo”.

” Há mais razão em teu corpo que em tua melhor sabedoria. E quem sabe para que necessita teu corpo precisamente de tua melhor sabedoria?”

08
dez
09

02
dez
09

Estudos de Nietzcshe

Estudos dos livros Genealogia da moral, Ecce Hommo, Assim Falou Zaratustra e trechos do Artigo de Joana Brito de Lima sobre o tema Grande cansaço.

O diagnóstico de Nietzche sobre o homem moderno, indica a predominância de um grande cansaço, relacionado ao modo de vida desenvolvido pela civilização judaico-cristã.

” A visão do homem agora cansa, o que é hoje o niilismo, se não isto?…..Estamos cansados do Homem….” ( Nietzsche)

É uma denuncia a degradação dos valores humanos, relacionadas a uma vida de negação e decadência.

O niilismo, ou literalmente redução do nada , é o sintoma do grande cansaço que acomete a sociedade civilizada constituida como rabanho, uma vez que permanecem guiadas por forças que são alheias.

Com a critica ao rebanho social Nietzche propõe uma relação diferenciada perante a vida que vença o cansaço instaurado com o niilismo.

A medida em que desperta a falta de sentidos e absurdos da existência, o niilismo provoca um horror ao vacuo: ” Ele (o homem) precisa de um objetivo e prefirará ainda querer o nada, a nada querer” Nietzche.

A vontade de nada é uma forma de se proteger da falta de sentido para a existência. No entanto, esses valores vazios aumentam o niilismo do qual procuram escapar, constituindo a má consciência, isto é, uma existência niilista guiada pela negação e ausência de valores. Com a má consciência
se instala o ressentimento e a culpa em relação a “maior e mais sinistra doença, da qual até hoje não se curou a humanidade, o sofrimento do homem com o homem, consigo” (Nietzsche). O grande cansaço e a má consciência, enquanto conseqüências da civilização niilista, provocam o nivelamento da humanidade sob uma moral reativa e resignada.

Resta, então, relegar-se ao niilismo ou supera-lo.

Para Nietzche atravessar o niilismo gera uma nova forma de existência. Superior e efetivamente livre.

Com isto, torna-se possivel afirmar a vida, sem precisar se isentar das escolhas sociais e individuais.

A liberdade se encontra na decisão de assumir o peso da construção do percurso a ser cumprido durante a vida. Abandonar o niilismo significa se destituir do sentimento de culpa e do sofrimento resentido do passado.

Ser livre significa descobrir a si mesmo, sem esperar que os acasos encaminhem o percurso.

” Somente quem sabe para onde vai , sabe, também , que vento é bom e favoravel a sua navegação” (Nietzche)

“…..o homem é uma ponte e não um ponto de chegada….” ( Nietzche)

26
nov
09

Motohiko Odani

10
out
09

” Tudo se passa num sonho acordado, a vida real é um sonho, Eu não preciso me entender. Que vagamente eu me sinta ja me basta ”

” Quando penso sem nenhum pensamento – a isto chamo de meditação”

” No que escrevo só me interessa encontrar meu timbre, meu timbre de vida”. ( Clarisse Lispector)




Eduardo Fukushima

Arquivos

novembro 2021
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Cultura em Pauta: Economia na dança contemporânea- discussões ,Oxigênio ( núcleo DESABA).

RSS Oxigênio: contém videos dos encontros

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Blog de Inês Correa- pesquisa fotográfica

pesquisas do rumos 2009/2010

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Renata Melo

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.