Pré –título: Como superar o grande cansaço?

Este projeto apresenta uma nova etapa da pesquisa de linguagem em dança que venho desenvolvendo há dois anos.

Em “CANTO!” ( 2007) e “ ENTRE CONTENÇÕES ( 2008), minhas duas criações anteriores, percebo um caminho de criação.
Meu interesse está na pesquisa de linguagem corporal, busca de vocabulários próprios de movimento,onde,questões surgem através do corpo, do movimento, de depoimentos pessoais e a constante pergunta o que me move a dançar no momento?

Em minhas duas criações anteriores, concilio improvisação e coreografia em uma construção artesanal de intenções e gestos, traduzidas em partituras de movimentos. Não se trata de apenas improvisação, mas sim de desenvolvimento de partituras de movimentos em tempo real, sendo a coreografia um sistema aberto em relação aos gestos e movimentos que se desenvolve diferente a cada momento.

Percebo o Cansaço como uma questão no meu trabalho.

Parto do cansaço que percebo em cada um de nós face aos que vivemos e proponho as considerações de Nietzsche sobre o grande cansaço como ignição para para a criação de uma coreografia.

Na minha leitura de Nietzchie, o grande cansaço pode aparecer em 3 níveis: como niilismo total, niilismo passivo ou niilismo ativo. Uma não vontade de ação, uma negação e descrença total perante a vida, a não mais razão de acordar todo dia. No niilismo ativo se busca um sentido, se faz do cansaço vontade de potência. O grande cansaço como vontade de potência será o condutor do processo e a possível transformação dela mesma.

Esse trabalho tem caráter teórico – prático e será desenvolvida basicamente dentro do ateliê, diariamente.

Pretendo contar com uma orientação de um ou dois artistas mais experientes, um músico para possíveis diálogos, gravações de todo o processo para compartilhar o percurso de criação e, por fim, a mostra desse material ao vivo.

Me interessa explorar o que tende a permanecer no ato de dançar diariamente, em termos de intenções, gestos e movimentos, deixando a composição se estabelecer ao longo do processo.

Há quatro anos pratico técnicas corporais orientais como Chi Kung , Seitai-ho, buscando um fortalecimento do centro do meu corpo, para fazer dessa região o ponto de partida do movimento, uso essas técnicas aliada a minha formação de bailarino.

Não busco atualmente pesquisar interfaces com vídeos, cenografia, objetos. O que quero investigar é o corpo como meio de comunicação na sua crueza.

Este trabalho está em andamento desde novembro de 2008.


0 Responses to “Um pouco do projeto”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Eduardo Fukushima

Arquivos

novembro 2021
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Cultura em Pauta: Economia na dança contemporânea- discussões ,Oxigênio ( núcleo DESABA).

RSS Oxigênio: contém videos dos encontros

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Blog de Inês Correa- pesquisa fotográfica

pesquisas do rumos 2009/2010

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Renata Melo

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: